Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância assinalado em Penalva do Castelo

No passado mês de abril, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Penalva do Castelo (CPCJ) associou-se à campanha nacional de ABRIL, MÊS DA PREVENÇÃO DOS MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA, através da realização de atividades que pretenderam alertar a comunidade para o importante papel que todos nós em geral e cada um em particular podemos ter na prevenção dos maus-tratos às crianças.


A abrir o mês algumas das rotundas da vila de Penalva do Castelo foram ornamentadas com material simbólico alusivo à prevenção dos maus-tratos na infância e foi efetuada uma ação de sensibilização em todos os estabelecimentos de ensino Pré-Escolar e 1º CEB do concelho, tendo por base a história do laço azul que enquadra este mês. Simultaneamente, lançou-se o desafio a todos os alunos do 1º CEB para que participassem no concurso de desenho infantil “Desenhar por uma causa – a prevenção dos maus-tratos na infância” que tem como objetivo selecionar desenhos para ilustrar um desdobrável da CPCJ, bem como valorizar a criatividade e o imaginário infantil, desenvolver competências e prática da expressão artística e dar voz ativa às crianças na sua proteção.

Ao longo do mês foi efetuada em todos os estabelecimentos de ensino do Pré-Escolar e 1º CEB uma dramatização, realizada pela equipa da Biblioteca Municipal de Penalva do Castelo, que teve por base o livro de Martine Agassi “As mãos não são para bater”, onde houve oportunidade para criar verdadeiros momentos de diversão e reflexão em torno de todas as coisas belas que podemos fazer com as mãos. Esta atividade culminou com a largada de balões azuis enquanto momento simbólico de solidariedade por todas as crianças que, no mundo inteiro, são vítimas de maus-tratos.

No dia Municipal para a Prevenção dos Maus-tratos na Infância, assinalado a 24 de abril, efetuaram-se ações de sensibilização sobre esta problemática nos eventos culturais e desportivos realizados neste dia, através da distribuição de folhetos informativos e de laços azuis, símbolo desta causa.

A encerrar o mês realizou-se, no dia 30 de abril, a segunda “Caminhada Azul”, em colaboração com o Gabinete de Desporto, Juventude e Tempos Livres da Câmara Municipal e com o Agrupamento 149 do Corpo Nacional de Escutas, que teve como principal propósito sensibilizar a comunidade para a importância da prevenção dos maus-tratos na infância e para o dever de denúncia dos mesmos, a que todos nós estamos sujeitos. A iniciativa, que contou com a presença de cerca de 90 pessoas, foi especialmente pensada para famílias com crianças, pelo que cada um dos participantes poderia escolher um dos dois percursos existentes, sendo que no mais curto foi realizada a atividade “A criança na terra dos direitos”, com o magnífico enquadramento natural das Lajes de Sangemil, onde através de diversos jogos lúdico-pedagógicos os participantes tiveram a oportunidade de pôr em prática alguns dos direitos da criança.

Um mês recheado de atividades, sensibilização e informação em que crianças e graúdos participaram e mostraram-se cada vez mais conscientes da importância da prevenção universal ao nível da Promoção e Proteção dos direitos e das crianças e do seu superior interesse.

E não se esqueça que SÓ O CORAÇÃO PODE BATER!

 

Siga-nos

Acompanhe-nos nas redes sociais:

    

Contactos

  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  232 640 020
  232 640 021/22
  Avenida Castendo, 3550-185 Penalva do Castelo
N 40º 40´33´´ W 07º 42´07´´